segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

Vejo um homem
Que escavuca minha mente
E tenta esvaziar o meu coração
Até que nada mais reste
Vejo um homem
Que por orgulho
Ou pelo tamanho da sua sede
Tenta esvaziar todo o poço
Até que se torne seco e árido
Mas eu digo a esse homem
Que o meu interior
É revestido de ouro puro
É uma Mina que levo dentro
E não tem fim
Porque quanto mais se tira
Mais se tem
Que você conheça a Jesus
Também

Nenhum comentário: