domingo, 25 de setembro de 2011

mil coisas para fazer
e sou tão aquém do que deveria
mas não vou deixar de também este dia
adorar a Jesus que me fez perdoou e deu a vida

Jesus, meu Deus querido, louvado sejas sempre
me prostro aos Teus pés e a Ti agradeço
por mais este dia e o que lembre
Glória ao Deus Excelso

Aleluia, Te louvo sim
pois Tu És, Era e Há de Vir
Deus Poderoso, és Início e Fim

Louvores ao meu Rei e Senhor
que da morte me fez viver
só dEle é a adoração

sexta-feira, 23 de setembro de 2011


na sombra de uma mangueira
descansava um simples túmulo
em tranquilidade

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Jesus, Tu dizes na Tua Palavra
sobre cansarmos com os que andam a pé
e pergunta quando estivermos de frente
aos que andam a cavalo, precisamos de fé

Jesus, derrama agora de fé no meu coração
sou fraca e pequena, mas em Ti tenho crido
repreenda o maligno e nos faças contrito
nos vistas com o Teu perdão e Salvação

obrigada meu Deus querido, Jesus amado
obrigada por Tuas promessas em nós gravadas
obrigada por ser meu Deus Conosco, Emanuel

louvado seja o Teu Nome, Santo
louvado seja o Teu Nome, Poderoso
louvado seja o Teu Nome, Amém

terça-feira, 13 de setembro de 2011

sábado, 10 de setembro de 2011

eu oro em o Nome de Jesus

Vim só registrar que Te amo
E pedir Teu perdão também
Este e todos os meus dias
Sejam para Tua Glória.Amém

sexta-feira, 9 de setembro de 2011

só para Te agradecer
e render a Ti louvores
pois és Rei e Senhor meu
e trata das minhas dores

me pordoa Senhor dos Exércitos
por ainda estar tão aquém
peço que com unção me revista
e me faças forte também

quero louvar Teu grande Nome
pois em Ti me sinto muito bem
me leves Paizinho bem além

Glória a Jesus, grande Senhor
Louvado seja Teu Nome para sempre
Aleluia ao meu Deus Salvador

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Obadias 1

Visão de Obadias: Assim diz o Senhor DEUS a respeito de Edom: Temos ouvido a pregação do SENHOR, e foi enviado aos gentios um emissário, dizendo: Levantai-vos, e levantemo-nos contra ela para a guerra.

Eis que te fiz pequeno entre os gentios; tu és muito desprezado.

A soberba do teu coração te enganou, como o que habita nas fendas das rochas, na sua alta morada, que diz no seu coração: Quem me derrubará em terra?

Se te elevares como águia, e puseres o teu ninho entre as estrelas, dali te derrubarei, diz o SENHOR.

Se viessem a ti ladrões, ou assaltantes de noite (como estás destruído!), não furtariam o que lhes bastasse? Se a ti viessem os vindimadores, não deixariam algumas uvas?

Como foram rebuscados os bens de Esaú! Como foram investigados os seus tesouros escondidos!

Todos os teus confederados te levaram até a fronteira; os que gozam da tua paz te enganaram, prevaleceram contra ti; os que comem o teu pão puseram debaixo de ti uma armadilha; não há nele entendimento.

Porventura não acontecerá naquele dia, diz o SENHOR, que farei perecer os sábios de Edom, e o entendimento do monte de Esaú?

E os teus poderosos, ó Temã, estarão atemorizados, para que do monte de Esaú seja cada um exterminado pela matança.

Por causa da violência feita a teu irmão Jacó, cobrir-te-á a confusão, e serás exterminado para sempre.

No dia em que o confrontaste, no dia em que estranhos levaram cativo o seu exército, e os estrangeiros entravam pelas suas portas, e lançaram sortes sobre Jerusalém, tu eras também como um deles.

Mas tu não devias olhar com prazer para o dia de teu irmão, no dia do seu infortúnio; nem alegrar-te sobre os filhos de Judá, no dia da sua ruína; nem alargar a tua boca, no dia da angústia;

Nem entrar pela porta do meu povo, no dia da sua calamidade; sim, tu não devias olhar satisfeito o seu mal, no dia da sua calamidade; nem lançar mão dos seus bens, no dia da sua calamidade;

Nem parar nas encruzilhadas, para exterminares os que escapassem; nem entregar os que lhe restassem, no dia da angústia.

Porque o dia do SENHOR está perto, sobre todos os gentios; como tu fizeste, assim se fará contigo; a tua recompensa voltará sobre a tua cabeça.

Porque, como vós bebestes no meu santo monte, assim beberão também de contínuo todos os gentios; beberão, e sorverão, e serão como se nunca tivessem sido.

Mas no monte Sião haverá livramento, e ele será santo; e os da casa de Jacó possuirão as suas herdades.

E a casa de Jacó será fogo, e a casa de José uma chama, e a casa de Esaú palha; e se acenderão contra eles, e os consumirão; e ninguém mais restará da casa de Esaú, porque o SENHOR o falou.

E os do sul possuirão o monte de Esaú, e os das planícies, os filisteus; possuirão também os campos de Efraim, e os campos de Samaria; e Benjamim possuirá a Gileade.

E os cativos deste exército, dos filhos de Israel, possuirão os cananeus, até Zarefate; e os cativos de Jerusalém, que estão em Sefarade, possuirão as cidades do sul.

E subirão salvadores ao monte Sião, para julgarem o monte de Esaú; e o reino será do SENHOR.

Visão de Obadias. Assim diz o Soberano, o SENHOR, a respeito de Edom: Nós ouvimos uma mensagem do SENHOR. Um mensageiro foi enviado às nações para dizer: “Levantem-se! Vamos atacar Edom! ”

“Veja! Eu tornarei você pequeno entre as nações. Será completamente desprezado!

A arrogância do seu coração o tem enganado, você que vive nas cavidades das rochas e constrói sua morada no alto dos montes; você que diz a si mesmo: ‘Quem pode me derrubar? ’

Ainda que você suba tão alto como a águia e faça o seu ninho entre as estrelas, dali eu o derrubarei”, declara o SENHOR.

“Se ladrões o atacassem, saqueadores no meio da noite — como você está destruído! — não roubariam apenas quanto achassem suficiente? Se os que colhem uvas chegassem a você, não deixariam para trás pelo menos alguns cachos?

Entretanto, como Esaú foi saqueado! Como foram pilhados os seus tesouros ocultos!

Empurram você para as fronteiras todos os seus aliados; enganam você e o sobrepujarão os seus melhores amigos; aqueles que comem com você lhe armam ciladas”. E Esaú não percebe nada!

“Naquele dia”, declara o SENHOR, “destruirei os sábios de Edom, e os mestres dos montes de Esaú.

Então os seus guerreiros, ó Temã, ficarão apavorados, e serão eliminados todos os homens dos montes de Esaú.

Por causa da violenta matança que você fez contra o seu irmão Jacó, você será coberto de vergonha e eliminado para sempre.

No dia em que você ficou por perto, quando estrangeiros roubaram os bens dele, e estranhos entraram por suas portas e lançaram sortes sobre Jerusalém, você fez exatamente como eles.

Você não devia ter olhado com satisfação o dia da desgraça de seu irmão; nem ter se alegrado com a destruição do povo de Judá; não devia ter falado com arrogância no dia da sua aflição.

Não devia ter entrado pelas portas do meu povo no dia da sua calamidade; nem devia ter ficado alegre com o sofrimento dele no dia da sua ruína; nem ter roubado a riqueza dele no dia da sua desgraça.

Não devia ter esperado nas encruzilhadas, para matar os que conseguiram escapar; nem ter entregado os sobreviventes no dia da sua aflição.

“Pois o dia do SENHOR está próximo para todas as nações. Como você fez, assim lhe será feito. A maldade que você praticou recairá sobre você.

Assim como vocês beberam do meu castigo no meu santo monte, também todas as nações beberão sem parar. Beberão até o fim, e serão como se nunca tivessem existido.

Mas no monte Sião estarão os que escaparam; ele será santo e a descendência de Jacó possuirá a sua herança.

A descendência de Jacó será um fogo, e a de José uma chama; a descendência de Esaú será a palha. Eles a incendiarão e a consumirão. Não haverá sobreviventes da descendência de Esaú”, declara o SENHOR.

Os do Neguebe se apossarão dos montes de Esaú, e os da Sefelá ocuparão a terra dos filisteus. Eles tomarão posse dos campos de Efraim e de Samaria, e Benjamim se apossará de Gileade.

Os israelitas exilados se apossarão do território dos cananeus até Sarepta; os exilados de Jerusalém que estão em Sefarade ocuparão as cidades do Neguebe.

Os vencedores subirão ao monte Sião para governar a montanha de Esaú. E o reino será do SENHOR.

terça-feira, 6 de setembro de 2011

Ó meu Jesus como Te amo
Tens para sempre a minha adoração
Seja a Tua Vontade eternamente
E Tua Palavra no meu coração

Teus sonhos sejam escritos com fogo
Gravados e vividos em vitória
E todos vejam no Teu povo
O transbordar da Tua Glória

Ó grande Deus e Senhor
Que me deste um lábio de louvor
Para mostrar ao mundo o Teu Amor

Eis-me a Teus pés grande Senhor
Tens para sempre minha vida
Meu Deus, Salvador, meu Bom Pastor